Sem categoria

Como sair do aluguel e ter sua casa própria?

/
39 0

Conquistar a casa própria é o sonho de muitas famílias. Ainda que seja um grande desafio, algumas práticas e dicas podem ser muito úteis quando se busca controlar melhor o orçamento, economizar dinheiro e, finalmente, fechar um negócio satisfatório e acessível.

Fique com a gente e confira nossas dicas sobre como sair do aluguel!

1. Crie um planejamento financeiro familiar

Quando temos uma meta em nossa vida, o segredo para fazer acontecer está no planejamento. Um bom planejamento faz com que tenhamos foco e cumpramos com aquilo que é necessário para atingir nosso objetivo. Com isso em mente, criar um planejamento financeiro para sua família é o primeiro passo a ser dado.

Organize em uma planilha (pode ser em um caderninho, no computador ou onde você preferir) sua renda fixa e todas as despesas mensais que você tem. Essa é uma forma de ter todo o seu dinheiro na ponta do lápis e, assim, ter mais controle sobre aquilo que você gasta e manter as contas em dia.

Assim, conhecendo melhor o valor da sua renda, você consegue mensurar o quanto você poupa mensalmente, bem como identificar o tempo necessário para juntar o montante para iniciar essa nova etapa da sua vida.

2. Escolha a forma de pagamento mais adequada

A opção mais em conta na hora de comprar um imóvel é o pagamento à vista, uma vez que essa opção pode reduzir consideravelmente o valor final. No entanto, quitar o valor integral de um imóvel de uma vez é algo bastante distante para a maioria das pessoas. 

Uma boa notícia é que há outras formas de pagamento que diluem o valor total em mensalidades. Confira, abaixo, essas opções com mais detalhes. 

Financiamento

No financiamento, o comprador recorre a um banco, que, mediante a aprovação de crédito, poderá liberar o dinheiro requerido praticamente na hora. Essa opção é a mais cara por conta dos juros colocados pelo banco sobre as prestações. No entanto, é muito mais rápida, sendo recomendada para quem está com pressa de se mudar.

Consórcio

Outra maneira de pagamento é o consórcio imobiliário. Nesta modalidade, o futuro comprador contribui para o fundo do consórcio e, após finalizar o pagamento das parcelas ou cumprir um período de carência, é contemplado com a carta de crédito. 

O consórcio se destaca pelo fato de o pagamento ser feito em parcelas sem juros, o que sai muito mais em conta. No entanto, o tempo de espera para obter o dinheiro pode durar anos, fazendo com que essa opção seja recomendada para quem pode esperar.

3. Encontre novas maneiras de economizar

Definido um planejamento e estabelecida uma forma de pagamento, está na hora de segurar os gastos e certificar-se de que o dinheiro de que você precisa será de fato obtido.

Estipule um valor mensal que será sua meta a ser poupada e encontre formas de cumpri-la. Para isso, uma boa prática é sempre inventar novas maneiras de economizar: seja rigoroso e sábio com seu dinheiro, desfazendo-se dos gastos supérfluos. 

Ao invés de pensar que está deixando de fazer coisas, pense que está criando formas de economizar e que, assim, realizará um sonho.

4. Escolha um imóvel compatível com o seu poder de compra

A compra deve ser feita apenas depois de muita pesquisa. Reflita sobre suas reais necessidades quanto à localização do imóvel e ao seu tamanho. Conheça as vizinhanças, compare os preços, certifique-se da integridade da casa ou apartamento.

Depois de muita procura, escolha a melhor opção que é compatível àquilo que você pode arcar. Escolher o imóvel mais adequado para você é uma boa forma de tornar a aquisição da casa própria algo mais palpável, possível de ser realizada com um bom planejamento.

Com todas essas dicas, com certeza ficou mais fácil compreender quais são os primeiros passos a serem dados para conquistar o sonho da casa própria e finalmente sair do aluguel. Lembre-se de que todos os esforços e sacrifícios ficarão mais tênues quanto mais organização e planejamento você tiver na conquista desse objetivo!

Gostou das dicas de como sair do aluguel? Então, não deixe de conferir nosso artigo em que separamos dicas para organizar o orçamento de sua família.

Leave a Reply

Your email address will not be published.